Venda de brinquedos para o varejo cresce 8% no Natal, diz Abrinq

A indústria registrou aumento de 8% nas vendas de brinquedos ao varejo no Natal deste ano, na comparação com mesmo período do ano passado, segundo balanço divulgado nesta quinta-feira pela Abrinq (Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos).

O presidente da entidade, Synésio Batista da Costa, atribui o aumento a uma maior produção (6% em relação a 2010), à manutenção dos preços de anos anteriores e à retomada de mercado dos importados chineses (2% no período).

“Estamos levando à frente projeto para retomada de 15% do mercado de brinquedos importados”, diz.

O Natal representa 30% das vendas da indústria de brinquedos no ano e o Dia das Crianças, 40%.

“Pelas projeções, o setor deve faturar em 2011 R$ 5,7 bilhões, uma alta torno dos 8% em relação a 2010”, afirma Costa.

O setor de brinquedos é composto por 442 indústrias que empregam 28 mil trabalhadores em todo o país.