Universidade Metodista recebe novo projeto de leitura

O projeto Ler e conhecer teve a iniciativa de trazer hoje (05), na praça de alimentação uma estátua viva de Fernando Pessoa, gerando curiosidade entre alunos e professores. A coordenadora da Arte e cultura, Claudia Cesar explica que o projeto envolve varias atividades.

A partir do dia 8 de abril os alunos poderão pegar um livro doado, ler e depois devolver para que outro leitor leia o mesmo livro. A circulação do livro será livre, despertando o gosto pela leitura e aprendizado.

Segundo Claudia, o projeto tem chamado a atenção das pessoas. Para doar livros para o projeto, foram colocado caixas de recolhimento no campus das universidades. A única coisa que pedem é que não depositem livros didáticos, e sim de literatura, romance, drama, etc.

 Conheça um pouco sobre Azerutan, a estátua viva.

 Iemanjá, Fernando Pessoa, Santos Drummond e Francisco de Assis, são apenas alguns personagens que  o artista plástico, Azerutan  faz como estátua viva. Ele trabalha nesta área há 14 anos, e demora cerca de meia hora para fazer a maquiagem e a produção.

Ele pode ser encontrado em vários pontos turísticos em São Paulo, a paixão por virar estátua viva, veio do conhecimento europeu onde em determinadas situações os atores faziam poses que imitavam estátuas.

Azerutan se encantou pela arte e resolveu imitar uma estátua com movimentos estáticos aprendeu a fazer pausas sem nenhum movimento, teve controle sobre o corpo e técnicas e mímicas que prendem a atenção dos espectadores.