Serys recua; Jairo e Lúdio disputarão prévias do PT

7

O militante Jairo Rocha e o vereador Ldio Cabral (PT) v£o disputar eleies internas para definir quem ser o candidato do PT Prefeitura de Cuiab, nas eleies deste ano. 

As prvias ser£o realizadas no dia 20 deste ms. A ex-senadora Serys Slhessarenko (PT), que era cotada para a disputa, acabou desistindo de concorrer vaga.

Apesar de contar com o apoio de apenas 20% dos delegados do partido, ligados a trs correntes petistas, Jairo Rocha disse que j preparou uma estratgia para enfrentar Ldio nas prvias. Segundo ele, o fato de o vereador ter o apoio de 80% dos delegados e seis correntes n£o significa que a elei£o interna j est garantida.

O plano de Jairo, agora, cooptar o apoio dos petistas ?independentes?, para tentar vencer Ldio na disputa pela vaga de candidato a prefeito. 

?O PT tem 5,7 mil filiados em Cuiab, e menos de mil est£o ligados a alguma tendncia. Vou buscar o apoio desses militantes que n£o pertencem a nenhuma corrente?, informou Jairo, em entrevista aoMidiaNews.

No total, 2,7 mil filiados est£o aptos a votar nas prvias, mas os outros ainda tm tempo para regularizar a situa£o partidria.

A inscri£o da pr-candidatura de ambos mostra tambm o embate das foras que apoiam cada um: a inscri£o de Ldio continha 843 assinaturas de filiados, enquanto a de Jairo Rocha teve o apoio de 309 petistas.

Jairo, que pertence corrente ?Articula£o de Esquerda?, nunca teve cargo eletivo, mas milita h mais de 20 anos no partido. Alm de seu grupo, ele tem o apoio do ?Movimento PT?, corrente da ex-deputada Verinha Arajo, e da ?Mensagem ao Partido?, grupo de Serys.

Apoiam o vereador Ldio as correntes ?Militncia Socialista? (ala da ex-vereadora Enelinda Scala), ?Esquerda Marxista?, ?Identidade Petista?, ?O Trabalho?, e ?Coletivo Grana? (corrente de Ldio). 

Alm disso, ele conseguiu cooptar o apoio do grupo majoritrio (?Construindo um Novo Brasil?), que conta com o ex-deputado federal Carlos Abicalil, o secretrio de Sade do Estado, Sguas Moraes, o deputado estadual Alexandre Csar, e o presidente regional da sigla, Willian Sampaio.

Com isso, o vereador afastou os grupos ligados a Serys, que n£o se entendem com a corrente majoritria e decidiram mostrar sua resistncia lanando Jairo para concorrer.

Tanto Jairo quanto Ldio, porm, adotaram o discurso conciliador e garantem que o partido n£o est rachado com essa disputa, como aconteceu nas ltimas eleies, quando o PT se afundou em brigas internas, em torno da disputa entre Serys e Abicalil.

O vereador disse que as prvias servir£o para ?ampliar a mobiliza£o e aprofundar o debate sobre nossos projetos para Cuiab?.

Alm disso, ambos trocam elogios pblicos. ?Jairo um lder com 20 anos de militncia. Disputar com ele ser enriquecedor?, declarou o parlamentar. ?Ldio companheiro, que tem um mandato brilhante como vereador h oito anos?, devolveu Jairo.

?Ns conversamos todos os dias. Ldio meu amigo pessoal. Alm disso, a rela£o entre nossos grupos [?Articula£o de Esquerda? e ?Coletivo Grana?] muito boa. Temos algumas divergncias de programas e estratgias, e s?, afirmou Jairo.

Recuo estratgico

As trs correntes que apoiam Jairo tambm tentaram lanar a ex-senadora Serys, mas acabaram recuando no ltimo momento e lanaram apenas a pr-candidatura do militante.

Segundo Jairo, ela recuou atendendo a pedido do seu grupo poltico, para poder apoiar os candidatos no interior do Estado. ?Ela uma figura pblica do PT, tem que andar os 141 municpios, subir nos palanques, apoiar nossos candidatos e prefeito e vereador?, afirmou o pr-candidato.

Nos bastidores, porm, comenta-se que Serys desistiu em fun£o de Ldio contar com o apoio macio entre os membros do diretrio. Aps os desgastes sofridos na ltima vez em que disputou prvias, em 2010, quando ela perdeu a vaga de candidata reelei£o para Carlos Abicalil, a senadora teria preferido recuar, por enquanto.

Devido s brigas internas, Serys chegou a ser punida com suspens£o pelo diretrio estadual do partido, controlado pelo grupo do rival Abicalil. Agora, esse grupo apoia a candidatura de Ldio. Em nome da reconstru£o do PT, eles resolveram enterrar as brigas e apoiar o vereador, que tambm foi punido, no ano passado junto, com Serys.

A ex-senadora, porm, n£o engoliu essa aliana. ?Quando pediram a minha expuls£o, esse grupo tambm pediu puni£o para o Ldio. Agora, eles se juntam dizendo que est£o construindo unidade?, criticou Serys, em entrevista recente ao MidiaNews.

Apesar de ter desistido de concorrer diretamente, ela marcou posi£o no partido, lanando Jairo Rocha na disputa interna.



Fonte: Mdia News