São Bernardo Campeão Paulista

São Bernardo bate o Audax nos pênaltis e garante o título

Pela decisão da Copa Paulista 2013, o São Bernardo sagrou-se campeão e garantiu vaga na Copa do Brasil do ano que vem ao bater o Audax nos pênaltis por 4 a 3 após empate sem gols no tempo regulamentar.

Sem chuva até os 10 primeiros minutos de jogo, o São Bernardo impôs a condição de mandante e pressionou o Audax em seu campo de defesa, porém sem a efetividade necessária. Com o gramado escorregadio a equipe pouco conseguiu criar. O primeiro chute a gol, porém, foi dado pelos visitantes aos seis minutos. Após troca de passes na intermediária, Velicka arriscou para fácil defesa de Daniel.

O São Bernardo continuou a forte marcação dando espaço apenas para os zagueiros do Audax. Aos 23 minutos, a equipe da capital paulista conseguiu um espaço na velocidade de Diego que arrancou pela esquerda, se livrou da zaga e bateu por cima do gol de Daniel.

A equipe do ABC passou a responder às ações do adversário após a substituição de Careca, aos 27 minutos, por lesão na perna esquerda. Walterson, o substituto, fortaleceu o lado esquerdo da equipe e, aos 31 minutos, viu Willian Favoni entrar livre na área. O camisa 8 chutou forte, mas parou em Felipe Alves.

Até o fim do primeiro tempo, o cenário continuou o mesmo. O Audax trabalhava melhor a bola, mas não passava pela forte marcação imposta pelo São Bernardo que apostou, em vão, nas arrancadas pelo lado esquerdo do campo, exceto por um chute de fora da área de Willian Favoni aos 41 minutos.

Com a volta das equipes para o segundo tempo, a chuva veio junto. O São Bernardo mudou a postura e logo no primeiro minuto após um bate rebate na área, Gil virou rápido sobre o zagueiro e bateu rasteiro. Felipe Alves caiu e espalmou para escanteio.

O jogo seguiu com o São Bernardo buscando mais o gol, principalmente após a entrada de Jean no lugar de Judson. Mesmo assim, o Audax continuou impondo seu toque de bola quando a teve em seu domínio. Fernando Diniz respondeu á alteração e sacou Caio do time para a entrada de Gabriel.

Aos 30 minutos, nova substituição no Audax. O camisa 10 Danilo saiu para o lugar de Helton Luiz. Um minuto depois, ainda pela esquerda, Gil recupera a bola, invade a área e toca para Jean que chutou mascado, a bola pega na mão de Francis e o árbitro assinalou pênalti. O próprio Gil partiu para a cobrança e bateu por cima do gol de Felipe Alves.

Próximo ao fim da partida o Audax pareceu ter se desgastado fisicamente e o São Bernardo aproveitou para trabalhar com os contra-ataques. Aos 38 minutos, Willian Favoni arrancou e achou Gil pela esquerda que chutou. Felipe Alves espalmou e no rebote Walterson bateu para nova defesa do goleiro adversário.

Com as cobranças de pênalti se aproximando, Edson Boaro sacou Willian Favoni para a entrada de Raul. Fernando Diniz também queimou uma alteração colocando Marcus Vinicius no lugar de Diego.

Penalidades

O Audax começou a série de cobranças com Helton Luiz. Daniel defendeu no canto esquerdo e incendiou a torcida. Fernando Lombardi marcou e abriu o marcador. Gabriel veio em seguida pela equipe da capital e anotou. Raul ampliou a vantagem para o time do ABC.

Marcus Vinicius bateu no meio do gol e colocou o Audax em igualdade no placar. Com 2 a 2 no marcador das penalidade, Luciano Castán bateu com categoria e ampliou.

Francis acertou e devolveu a responsabilidade para o São Bernardo. Jean acertou uma bomba e colocou o São Bernardo na vantagem outra vez decretando o 4 a 3.

Velicka se encaminhou para a bola, acertou a trave e decretou o título do São Bernardo. Final 4 a 3 e São Bernardo Campeão da Copa Paulista 2014.

Ficha Técnica

São Bernardo: Daniel; Kaique, Fernando Lombardi, Luciano Castán e Eduardo Diniz; Dudu, Wilian Favoni (Raul), Judson (Jean) e Fellipe Mateus; Gil e Careca (Walterson);
Técnico: Edson Boaro.

Audax: Felipe Alves; Thiago Martinelli, João Paulo e Francis; Nenê Bonilha, Danilo (Hélton Luiz), Velicka e André; Marquinho, Diego (Marcus Vinicius) e Caio (Gabriel);
Técnico: Fernando Diniz.

Árbitro: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral;
Auxiliares: Carlos Augusto Nogueira Junior e Daniel Luis Marques;
Quarto Árbitro: Paulo Sergio dos Santos;
Local: Estádio 1º de Maio, São Bernardo do Campo.