Preço da cesta básica retrai 0,28% e mantém estabilidade esta semana

Com queda de apenas 0,28%, o conjunto de 34 itens que compõem a cesta básica permaneceu praticamente estável na região ABC, conforme aponta pesquisa semanal elaborada pela Companhia Regional de Abastecimento Integrado de Santo André (Craisa). A retração representou economia de R$ 1,22 para os consumidores e teve novamente no grupo dos alimentos hortifrutigranjeiros o ‘fiel da balança’. Se na semana passada a cesta saia por R$ 430,84, nesta, é encontrada a R$ 429,62.

Entre os itens que tiveram contribuição para a queda estão a batata e a banana, que caíram, respectivamente, 17,75% (R$ 12,03) e 11,07% (R$ 2,41), além do arroz polido longo fino que ficou 4,62% (R$ 9,08) mais barato – o saco de cinco quilos.

Segundo o engenheiro agrônomo da Craisa e responsável pela pesquisa, Fábio Vezzá de Benedetto, as variações de preços das frutas, verduras e legumes nos mercados pesquisados giram em torno de 100%, principalmente pela aparência do que é ofertado. “O tempo quente diminui drasticamente a conservação dos alimentos frescos, ocasionando em uma diversidade muito grande de preços”, frisou.

Vezzá destacou, ainda, que a redução no preço do arroz ainda não sofre influência da safra 2013/2014 – está prevista para o final de fevereiro –, fazendo com que as variações, neste momento, sejam mais especulativas e pontuais.
Já o leite UHT integral apresentou retração de 3,48% ficando abaixo dos R$2,00. Vale lembrar que, em 2013, este produto permaneceu acima deste valor e beirou a marca dos R$2,50 por um longo período”, recordou.
Por outro lado, o pão francês segue com preços elevados e registrou, nesta semana, uma alta de 3,11%,