Números comprovam eficiência da GCM de São Caetano em 2013

A Guarda Civil Municipal (GCM) de São Caetano do Sul chega ao fim de 2013 com números que comprovam o trabalho eficiente realizado pela corporação. De janeiro até a primeira quinzena de dezembro foram registrados 3252 relatórios de ocorrências, sendo que 279 deles originaram boletins de ocorrência. Foram efetuadas ainda 105 prisões em flagrante.

Apesar do dever constitucional do Estado, a GCM presta fundamental auxílio no combate à criminalidade. Neste ano, a instituição deflagrou uma série de operações conjuntas com a Polícia Militar e a Polícia Civil, cumprindo o propósito inserido no plano de governo do prefeito Paulo Pinheiro de promover a integração entre as forças de segurança para fazer de São Caetano um município de paz e ordeiro.

Esta meta é atingida com o esforço concentrado em outras duas frentes: a preservação do patrimônio público, que é o seu dever legal, e a inibição de ações criminosas através de rondas. Comprometimento traduzido pelos números.

No período a GCM atuou em conjunto com outros setores da municipalidade para coibir o uso e o tráfico de crack e outras drogas no Viaduto Prefeito Luiz Tortorello, no Bairro Fundação, e para restabelecer a ordem na praça homônima, no Centro, devolvendo o local aos moradores. Também realizou policiamento dentro e fora do Estádio Municipal Anacleto Campanella nos jogos do São Caetano na temporada. Com a Polícia Militar, deflagrou intervenção especial de Natal nos eixos comerciais e a Operação Boa Noite Cidadão, de combate à perturbação pública.

Nas áreas administrativa e de reestruturações físicas e de aparelhamento, destaque para a reforma da Base Comunitária de Segurança do Bairro Mauá; revitalização da sede da GCM, com novo refeitório, sala de informática e pequena cascata para fins terapêuticos; compra de 171 coletes à prova de balas, 60 pistolas 380 e munição; criação do Gabinete de Instrução e redefinição estratégica das rondas.

Social – Em 2013 a GCM de São Caetano também desenvolveu diversas atividades de cunho social, aproximando os integrantes da corporação da comunidade. Foram 32 apresentações do premiado Canil e outras 53 do Teatro de Fantoches da instituição, assistidas por mais de 7.000 pessoas. Êxito ainda na campanha de desarmamento, com o recolhimento de 20 armas e 261 munições.

Cursos – A capacitação dos guardas civis municipais foi tratada com prioridade em 2013. Graças à criação do Gabinete de Instrução, todo o efetivo de 430 homens e mulheres participou de diversos cursos de aprimoramento à função. Alguns fundamentais, como o de tiro, não eram realizados há seis anos.

Um dos mais abrangentes foi o Curso de Aperfeiçoamento Continuado, que durou dois meses e meio e incluiu Defesa Pessoal, Utilização da Tonfa, Técnicas de Abordagem, Técnicas Operacionais, Primeiros Socorros, Mediação de Conflitos, Policiamento Comunitário, Direitos Humanos e Segurança do Trabalho.

Outros de destaque foram o Guardiões da Terceira Idade (para aprimorar o tratamento destinado aos idosos do município); o estágio na Rondas Ostensivas Tobias Aguiar (ROTA) sobre Táticas de Policiamento; Direção Defensiva e Pilotagem Segura, na Companhia de Engenharia de Tráfego (CET); o de Técnicas para a Condução de Motocicletas, ministrado pela Honda; e o de Formação de Educadores.

Tanto conhecimento foi compartilhado com outras corporações do Grande ABC. As GCMs de Mauá e de Diadema receberam treinamentos de tiro ministrado por instrutores de São Caetano.