Novas câmeras de monitoramento de Santo André já estão funcionando

Dos 22 pontos, 11 estão operando e previsão é instalar demais equipamentos nos próximos dias; cidade já contava com outros 19 aparelhos nos pontos de maior criminalidade

Santo André, 7 de agosto de 2013 – Metade das novas câmeras de videomonitoramento adquiridas por Santo André no primeiro semestre já está funcionando. Dos 22 pontos, 11 estão operando – os demais locais indicados para receber os equipamentos também estão prontos e devem começar a funcionar nos próximos dias. As novas câmeras se juntarão às 19 existentes para ajudar a minimizar a criminalidade nos pontos de maior incidência de violência.

A empresa vencedora do processo de licitação pediu prorrogação por mais 30 dias para finalizar a instalação dos aparelhos. “Existe uma cláusula no contrato que permite o adiamento por um mês por parte da contratada. O novo prazo se encerra na primeira quinzena de setembro”, explica o secretário de Segurança Pública Urbana e Trânsito, José Luiz Martins Navarro. O valor da ampliação do sistema é de R$ 865 mil, verba disponibiliza pelo Ministério da Justiça, por intermédio da Senasp (Secretaria Nacional de Segurança Pública).

Segundo o titular da Pasta, a Administração decidiu dobrar o número de câmeras logo no primeiro semestre para aumentar a sensação de segurança da população e prevenir delitos criminosos. Dados da Se certaria de Segurança apontam que o número de ocorrências diminuiu nos locais onde o equipamento já está instalado. “Quem pratica um delito não quer ser visto e preso. Com o aumento de nosso poder de fiscalização eletrônica, poderemos inibir a ação dos criminosos”, aponta Navarro.

PONTOS MONITORADOS – Os pontos contemplados com os equipamentos foram definidos após estudo realizado pelo GGI-M (Gabinete de Gestão Integrada Municipal), composto por todos os segmentos de segurança da cidade – Polícia Civil, Militar e Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal, Secretaria de Segurança Pública e outros– com base nos índices de criminalidade. Os locais que já estão operando são Rua Delfim Moreira x Praça IV Centenário, Avenida Portugal x Rua Eliza Flaquer, Praça Constantino Rocco x Rua Monte Casseros, Avenida Industrial x Rua das Caneleiras, Avenida Industrial x Parque Celso Daniel, Rua das Figueiras x Alameda São Caetano, Rua Marina x Avenida D. Pedro II, Avenida Dom Pedro II x Avenida Tiete, Praça Rui Barbosa, Alameda Vieira Carvalho x Rua Porto Seguro e Avenida Utinga x Rua General Polidoro.

Sobre a Secretaria de Segurança Pública Urbana e Trânsito
A Secretaria de Segurança Pública Urbana e Trânsito tem como objetivo coordenar as políticas públicas municipais de segurança e trânsito, buscando a prevenção primária da criminalidade e violência urbana, e ainda, reduzir o índice de criminalidade e mediação de conflitos, proteger os bens, serviços e instalações municipais.

A pasta tem como órgãos subordinados o Departamento da Guarda Municipal, que conta com efetivo de 791, sendo 672 guardas e 119 seguranças patrimoniais, além de 87 viaturas; o Departamento de Segurança de Trânsito, que tem 75 agentes e 62 veículos; o Departamento de Planejamento e Operações de Segurança, o Departamento de Articulação de Políticas de Segurança, a Assessoria Especial de Articulação de Políticas de Prevenção à Violência Urbana, a Corregedoria da Guarda Municipal, o Gabinete de Gestão Integrada Municipal e a Supervisão da Junta do Serviço Militar.