Isolamento social não é suficiente para atender a população

O Sistema de Monitoramento Inteligente (SIMI-SP) do Governo de São Paulo apontou o percentual de isolamento social no Estado de 55%, neste sábado (11). A adesão ideal para controlar a disseminação da COVID-19 é de 70%, de acordo com o Coordenador do Centro de Contingência do coronavírus em São Paulo, o médico infectologista David Uip. Com a continuidade da taxa abaixo do índice, o número de leitos disponíveis no sistema de saúde não será suficiente para atender a população.

A central de inteligência analisa os dados de telefonia móvel para indicar tendências de deslocamento e apontar a eficácia das medidas de isolamento social. Com isso, é possível apontar em quais regiões a adesão à quarentena é maior e em quais as campanhas de conscientização precisam ser intensificadas, inclusive com apoio das prefeituras.

O SIMI-SP é viabilizado por meio de acordo com as operadoras de telefonia Vivo, Claro, Oi e TIM para que o Estado possa consultar informações agregadas sobre deslocamento nos 645 municípios paulistas. As informações são aglutinadas sem desrespeitar a privacidade de cada usuário. Os dados de georreferenciamento servem para aprimorar as medidas de isolamento social para enfrentamento ao coronavírus.

O índice de isolamento está disponível para consulta no portal www.saopaulo.sp.gov.br/coronavirus e neste momento apresenta dados referentes a 40 cidades, 4 delas do Grande ABC. O sistema é atualizado diariamente para incluir informações de municípios com população a partir de 30 mil habitantes.

Redação Nosso ABC