Incêndio atinge fábrica da Panex em São Bernardo

Apenas o setor admistrativo foi atingido. Nenhuma pessoa ficou ferida.

Um incêndio atingiu a fábrica da Panex, na manhã deste sábado no Bairro Planalto, em São Bernardo. A fábrica fica nas imedidações do quilômetro 19 da Via Anchieta.

O Corpo de Bombeiros chegou no local por volta das 10h e o fogo foi tá controlado em 45 minutos.

As chamas começaram por volta das 9h30 de acordo com a vendedora da loja de fábrica da Panex, Maíra Santos da Silva. ” Estava no portão para abrir a loja, quando percebemos as chamas no escritório e os vidros começaram a quebrar. Ficamos apavorados e começamos a ligar para outros funcionários, bombeiros e polícia.”

O tenente responsável do Corpo de Bombeiros Sergio  Vasquez afirmou que a central foi acionada as 10h. ” A ligação foi realizada por um funcionário às 10h, logo as viaturas começaram a chegar. A enorme quantidade de fumaça atrapalhou um pouco o trabalho, mas logo encontramos um caminho alternativo dentro da fábrica para apagar as chamas.”

Vasquez explicou que a área atingida foi um setor administrativo logo na entrada principal da fábrica. ” A área atingida tem 2mil metros quadrados aproximadamente. Era um setor de escritório e esta área ficou totalmente destruída. Haviam cadeiras, mesas, armários, computadores e papéis. A área de produção fica um pouco distante da área atingida, então não ofercceu risco de um dano maior”.

Ainda de acordo com o tenente apenas um vigilante que trabalhava no momento foi levado ao pronto socorro central de São Bernardo por conta de uma crise de pressão alta  devido ao ‘nervoso’ causado no momento.

Foram utilizadas 13 viaturas do Corpo de Bombeiros ( do ABCD e da Capital), 45 homens para apagar as chamas. Agentes de trânsito de São Bernardo interditaram a via da entrada principal ( Álvaro Guimarães) e orientavam o trânsito na região. Policiais militares e a defesa civil de São Bernardo também estiveram no local para auxiliar os trabalhos.

O serviço de rescaldo foi realizado até por volta das 12h. O motivo do incêndio ainda não descoberto e será um trabalho para a policia civil desvendar.

O prédio não oferece risco de desabar, de acordo como tenente Vasques, mas a policia técnica civil é que fará o laudo completo sobre este quesito.

No momento das chamas haviam poucos funcionários trabalhando, por conta do recesso do natal. Os responsáveis pela empresa estiveram no local, mas não comentaram sobre o assunto.