Bancários entrarão em greve, afirma presidente do Sindicato

Categoria deve rejeitar o reajuste de 8% feito pela Federação, antecipa Maria Rita Serrano


O resultado da nova rodada de negociação entre bancários e banqueiros sobre a campanha salarial deste ano não agradou a categoria. Nesta sexta-feira (23/09), representantes dos sindicatos e da Fenaban(Federação Nacional dos Bancos) estiveram reunidos na Capital, mas não chegaram a um acordo. A presidente do Sindicato dos Bancários do ABC, Maria Rita Serrano, não concorda com a proposta e anuncia que a categoria deve decidir pela greve a partir  de terça-feira (27/09).

O sindicato realiza uma assembleia geral nesta segunda-feira (26/09) na sede social, na rua Xavier de Toledo, 268, Centro em Santo André, as 18h30. Os trabalhadores irão avaliar as contrapropostas da reunião com a Fenaban ocorrida no dia 23.

Os funcionários pleiteiam reajuste salarial de 12,8% entre outros itens sociais. A Fenaban propôs o reajuste de 8%. “Eles têm condições de aceitar o que pedimos, e nós temos o direito de lutar. Não gosto de greve, mas as vezes á a única maneira de negociar. Segunda fazemos uma nova assembleia com os trabalhadores, mas acredito que será deflagrada a greve a partir do dia 27 por tempo indeterminado”, disse Maria Rita.