Aumenta índice de atropelamentos em São Bernardo

16

A Secretaria de Trânsito e Vias Públicas de São Bernardo divulgou o número de atropelamentos do ano de 2010. A quantidade de pedestres mortos aumentou de 36, em 2009, para 40 no ano passado.

De acordo com o engenheiro de tráfego João Virgilio Merighi, o aumento é local. Ele afirma, baseado em dados do Denatran, que o Brasil teve uma redução na porcentagem de mortes no trânsito em comparação com o aumento da frota de carros no país.

Também foram divulgadas as vias com maior índice de atropelamento na cidade. Entre elas estão avenida Maria Servidei Demarchi, avenida Brigadeiro Faria Lima, no Centro;  Estrada dos Alvarengas, Avenida do Taboão e Avenida Piraporinha, no Planalto.

Para tentar reduzir esse número, a prefeitura está tomando medidas para melhorar a educação no trânsito. Entre elas, palestras administradas pelo CRT (Centro de Reflexão de Trânsito), voltadas ao respeito entre motoristas e pedestres. Segundo Merighi, as atitudes da prefeitura estão corretas para melhorar esse quadro. “A educação de trânsito, tanto para pedestres como para motoristas, é fundamental, porque ambos devem andar atentos”, afirmou.

Há também estudos para implantar semáforos de pedestre em toda a cidade, dando atenção aos locais com maior número de acidentes. Esses lugares terão mais fiscalização e serão observados para futuras melhorias. “Tenho certeza que se um infrator for chamado pelo fiscal, parar o carro e ouvir uma advertência verbal, vai pensar duas vezes antes de dirigir imprudentemente”, declarou o engenheiro.

Veja o video da máteria no site:
https://www.metodista.br/rronline/noticias/cidades/2011/10/aumenta-indice-de-atropelamentos-em-sao-bernardo