Venda de sacos de lixo cresce 30%, diz frabricante

Após o primeiro fim da distribuição de sacolinhas nos supermercados em janeiro, as vendas de sacos de lixo plástico subiram 30% em São Paulo, segundo informou a fabricante.

Os supermercados de São Paulo pararam definitivamente de distribuir as sacolas em 4 de abril. Para carregar as compras, o consumidor precisa levar uma sacola retornável de casa ou comprar uma no caixa. A única opção gratuita oferecida agora aos consumidores são as caixas de papelão.

Para os consumidores que tinham o hábito de usar as sacolinhas no lixo da pia e do banheiro, a opção tem sido comprar sacos destinados exclusivamente a essa finalidade.