Santo André reúne jornada e caminhada em defesa da doação de órgãos

Com 265 pessoas em fila de espera, Secretaria da Saúde apóia ações dedicadas à causa nobre para salvar vidas

O Brasil é verde ao longo deste mês, cor que simboliza mundialmente a doação de órgãos e tecidos para transplantes. Em Santo André, não poderia ser diferente e várias ações de sensibilização à causa ocorrem nesta quarta-feira (23) e neste sábado (26). A programação inclui jornada com especialistas da área e caminhada pelas ruas centrais da cidade – as atividades têm o apoio da Secretaria de Saúde. No município, são 265 pessoas em fila de espera.

O primeiro deles é a II Jodot (Jornada de Doação de Órgãos e Tecidos) de Santo André, que será realizada nesta quarta-feira, a partir das 18h30, no Primeiro de Maio Futebol Clube. O prefeito Carlos Grana e o secretário de Saúde, Homero Nepomuceno Duarte, marcam presença. Também participam representantes dos serviços especializados na área do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia e do Hospital Sírio-Libanês, ambos em São Paulo, e da ABTO (Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos).

O público poderá conferir o depoimento de Henrique Traspadini Reis, diagnosticado com insuficiência renal crônica terminal 26 anos atrás, dos quais, 24 fazendo hemodiálise. Autor do livro Alegria e fé, em que relata um paciente na fila de espera por um transplante, o hoje escritor ganha a vida com a realização de palestras motivacionais para pessoas que andam doentes do físico e da alma.

Em Santo André, 265 pessoas estão hoje na fila de espera por um transplante de órgãos sólidos, dos quais, 171 (rins); 14 (fígados); três (corações); cinco (pulmões); um (pâncreas) e 13 (pâncreas/rins). À parte, para córnea, classificada como tecido, são 58 inscritos, segundo o enfermeiro Paulo Cezar Ribeiro, coordenador da CIHT (Comissão Intra-Hospitalar de Transplante) do CHM (Centro Hospitalar Municipal), que trabalha com a notificação e captação de órgãos desde outubro de 2008.

No Grande ABC, o número salta para 912 pessoas à espera de um transplante; no País, 32 mil pacientes. A triste realidade, porém com chances concretas de sobrevida ao próximo, é um dos motivos para engrossar a III Caminhada em Defesa da Doação de Órgãos, que percorrerá as ruas centrais do município neste sábado, a partir das 9h. O ponto de concentração: Concha Acústica, localizada na Praça do Carmo – próxima ao corredor comercial da Rua Coronel Oliveira Lima.

II Jornada de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes

Dia – nesta quarta-feira (23).

Horário – a partir das 18h30.

Local – Primeiro de Maio Futebol Clube.

Endereço – Avenida Portugal, 79. Centro. Santo André.

III Caminhada pela Doação de Órgãos

Dia – neste sábado (26).

Horário – a partir das 9h.

Local – Concha Acústica.

Endereço – Praça do Carmo. Centro. Santo André.