O Brasil é o país que pior gerenciou a pandemia de Covid-19, de acordo com um estudo divulgado nesta quinta-feira (28), pelo Lowy Institute de Sydney, na Austrália.

59

Em análise feita com 98 países do mundo, a partir de seis critérios, como o número de casos e mortes confirmados e a capacidade de detecção da doença, o Brasil se classificou no último lugar, atrás dos Estados Unidos, México, Colômbia e Irã. A China ficou de fora desta análise por, segundo os autores, falta de dados de diagnóstico disponíveis ao público.

Em número total de mortes pela doença, o Brasil só perde para os Estados Unidos. As duas nações mais populosas do continente, tiveram em comum, presidentes negacionistas, que subestimaram a todo momento o impacto da doença, além de contraporem a lockdowns e o uso de máscara em lugares públicos.

Em contrapartida, a Nova Zelândia, que praticamente erradicou o vírus com medidas severas de isolamento, foi classificada como o país que fez a melhor gestão. Vietnã, Taiwan, Tailândia, Chipre, Ruanda, Islândia, Austrália, Letônia e Sri Lanka, também ocupam o top 10 de países que melhor lidaram com a crise.

“Em geral, os países com menos população, sociedades mais coesas e instituições bem treinadas têm uma vantagem comparativa quando se trata de lidar com crises globais como a pandemia” revela o estudo.