No Dia D da vacina contra gripe, região imuniza 9.306

Meta de cobertura vacinal segue baixa, mesmo com ação para aumentar dados no Grande ABC

As cidades da região promoveram o Dia D de vacinação contra a gripe comum durante todo o sábado. No total foram aplicadas 9.306 doses. O objetivo da ação é aumentar a cobertura vacinal no Grande ABC, que segue baixa na região.

Na quinta-feira, o Diário mostrou que apenas 26% do público-alvo tinham sido imunizados contra a gripe. Àquela ocasião, das 815,9 mil pessoas que precisariam receber a dose, somente 213,5 mil compareceram aos postos de trabalho na campanha.

Em Santo André, foram imunizadas 2.002 pessoas entre gestantes e puérperas, povos indígenas, trabalhadores da saúde, idosos com 60 anos de idade ou mais e professores das escolas públicas e privadas. “Ampliar a adesão à vacinação contra a gripe é proteger a nossa gente, evitando complicações respiratórias que podem evoluir para casos de Covid-19. A vacina salva vidas e queremos imunizar toda a nossa gente. Por isso, a adesão é tão importante. E destinar um dia exclusivo para isso só destaca esta prioridade”, pontuou o prefeito Paulo Serra (PSDB).

Segundo o secretário de Saúde andreense, Márcio Chaves, a proteção contra o vírus da Influenza é importante para evitar complicações da gripe, principalmente neste momento em que se aproxima o período de inverno. “Quando combatemos o vírus da Influenza, estamos contribuindo para diminuir as complicações, internações e as infecções causadas pela gripe. Isso ajuda no diagnóstico da Covid-19 e na diminuição do acesso aos equipamentos hospitalares”, explicou Chaves.

Em São Bernardo foram aplicadas 2.624 doses até as 16h. A Prefeitura vai divulgar os resultados completos da vacinação do Dia D na segunda-feira. Já São Caetano registrou a aplicação de 1.987 vacinas.

De acordo com a prévia da Secretaria de Saúde de Diadema, foram imunizadas 703 pessoas até as 13h deste sábado – 22.562 pessoas foram vacinadas durante a campanha e a previsão é a de que sejam protegidas aproximadamente 143 mil pessoas até o fim da campanha (9 de julho).

“Precisamos aumentar a adesão a essa campanha de vacinação. Além do benefício individual, ela traz o coletivo que é a redução da circulação do vírus. Tenho certeza que a população de Diadema vai atender nosso chamado e garantir a imunização” afirmou a secretária municipal de Saúde, Rejane Calixto.

Mauá imunizou 429 pessoas do público-alvo da campanha. A vacinação ocorreu das 8h às 16h em quatro UBSs (Unidades Básicas de Saúde) – Primavera, Jardim Mauá, Flórida e Zaíra 2 – e no Colégio Barão de Mauá, que funcionou como posto drive-thru. A cidade segue imunizando contra a Influenza, de segunda à sexta, das 8h às 17h, em suas 23 UBSs.

Em Ribeirão Pires, 1.561 pessoas foram vacinadas durante o dia de ontem. O resultado fez com que a cidade alcançasse a marca de 57% do público-alvo total desta segunda fase da campanha, que vai até o dia 8 de junho. A partir do dia 9 tem início a terceira fase na cidade.

Rio Grande da Serra não divulgou os números da ação.

FONTE : DIARIO DO GRANDE ABC