Cursos técnicos: 58 mil vagas gratuitas

O alto índice de empregabilidade tem levado muitos jovens a buscarem os cursos técnicos. Levantamento do Centro Paula Souza, por exemplo, indica que 79% dos alunos egressos das Escolas Técnicas Estaduais (ETECs) de São Paulo estão inseridos no mercado de trabalho, um ano depois de formados. Ou seja, praticamente quatro entre cinco alunos conquistam o seu espaço no mundo corporativo.
De acordo com o coordenador do vestibulinho das ETECs, professor Nelson Kakuiti, dados estatísticos comprovam que existem empregos, mas faltam profissionais qualificados, o que também ajuda a explicar a alta demanda por cursos técnicos. “Somente o ensino médio, ministrado individualmente, não torna os alunos aptos a desenvolver-se profissionalmente.” 
Entretanto, lembra Kakuiti, não basta apenas fazer o ensino técnico, mas prestar atenção também ao que o mercado pede. Segundo ele, há áreas com maior concorrência, como Administração e Secretariado, e outras com grande índice de absorção, como Mecatrônica, Automação Industrial, Química, Cozinha e Turismo Receptivo. 

Oportunidades
Para quem almeja fazer um curso técnico, cabe um registro: as ETECs reservam, para este segundo semestre, 58.414 vagas, com inscrições abertas, até 16 de maio, para 86 modalidades distribuídas por todo o Estado.
O vestibulinho das ETECs ocorre no dia 16 de junho e constará de 50 perguntas, para aferição de conhecimentos do nível fundamental, exceto a Língua Inglesa. “São questões que valorizam, principalmente, a capacidade de interpretação de texto dos candidatos”, diz Kakuiti.
Para inscrever-se em um dos cursos técnicos, o candidato precisa ter concluído ou estar cursando a partir do segundo ano do ensino médio regular. Quem já concluiu ou está fazendo o ensino de Educação de Jovens e Adultos – EJA ou o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos – Encceja deve ter, no mínimo, a declaração de que está matriculado a partir do segundo semestre e ter dois certificados de aprovação em áreas de estudos da EJA, boletim de aprovação do Encceja enviado pelo MEC ou o certificado de aprovação do Encceja em duas áreas de estudos avaliadas. 
O atual processo seletivo também oferece vagas remanescentes do segundo módulo para 11 cursos técnicos: Administração, Contabilidade, Edificações, Eletrônica, Eletrotécnica, Informática, Logística, Mecânica, Mecatrônica, Nutrição e Dietética e Serviços Jurídicos. Neste caso, os interessados devem ter concluído o ensino médio e ter experiência profissional na área do curso, mediante avaliação e certificação de competências referentes ao primeiro módulo.
As inscrições para os cursos das ETECs devem ser feitas no site www.vestibulinhoetec.com.br mediante pagamento de taxa no valor de R$ 25,00. O Manual do Candidato está disponível no mesmo site para download.
O Centro Paula Souza, responsável pelo vestibulinho, adota o Sistema de Pontuação Acrescida, que concede acréscimo de pontos à nota final obtida no exame, sendo 3% a estudantes afrodescendentes e 10% a oriundos da rede pública. Se o candidato estiver nas duas situações, recebe 13% de bônus.
Mais informações pelos telefones (11) 3471-4071 (Capital e Grande São Paulo) e 0800-772 2829 (demais localidades).

Saúde Pública
Há oportunidades de cursos técnicos gratuitos também em nível municipal. A Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão, por meio da Escola Técnica de Saúde Pública “Prof. Makiguti”, inscreve, até 15 de maio, para 480 vagas em Farmácia, Análises Clínicas, Saúde Bucal e Gestão de Serviços de Saúde.
As inscrições devem ser feitas no site www.institutomais.org.br,  de forma presencial ou por procuração, no posto de inscrição do Instituto Mais, instalado na Avenida dos Metalúrgicos, 1.945, Cidade Tiradentes, das 9h às 12h e das 13h às 17h.
O candidato precisa estar, no mínimo, cursando o terceiro ano ou ter concluído o ensino médio. A prova objetiva deverá ser realizada em 9 de junho e abrange 60 questões, sendo 15 de Língua Portuguesa, 15 de Matemática, 10 de Física, 10 de Química, 5 de Biologia e 5 de Meio Ambiente.