Cidade paulista suspende vacinação após parada cardíaca em criança

Vacinado tem 10 anos de idade e apresentou o evento adverso 12 horas após receber a dose pediátrica da Pfizer em Lençóis Paulista (SP)

A Prefeitura de Lençóis Paulista (SP) suspendeu a vacinação de crianças contra a Covid-19 pelos próximos sete dias. A medida vale a partir desta quinta (19/1). A decisão foi anunciada pelas redes sociais do Executivo local, “após uma criança de 10 anos sofrer uma parada cardíaca 12 horas após receber a dose pediátrica da vacina Pfizer”.

Ainda de acordo com o comunicado, “pais ou responsáveis que desejam vacinar seus filhos antes da retomada da aplicação devem ligar na Central Saúde para realizar agendamento”. O texto adianta que, “segundo a família, a criança está estável e consciente”.

A prefeitura ressalta ainda que segue o indicado por seu comitê e “deixa claro que não existe dúvida sobre a importância da vacinação infantil, mas diante do ocorrido será dado esse prazo para o acompanhamento e monitoramento diário das 46 crianças lençoenses vacinadas até o momento”.

Em nota, a Secretaria de Estado da Saúde destacou que todas as vacinas aprovadas pela Anvisa são seguras e eficazes, impactando diretamente na redução de casos graves e internações por Covid-19.

“O Centro de Vigilância Epidemiológica (CVE) está acompanhando e analisará o caso de Lençóis Paulista. O CVE informa que todos os casos de eventos adversos são analisados por uma comissão de especialistas antes de qualquer confirmação. É, portanto, precipitado e irresponsável afirmar que o caso do município está associado à vacinação. Na maioria das vezes, os casos de eventos adversos pós-vacinação são coincidentes, sem qualquer relação causal com o imunizante”, afirmou a pasta.

Veja o link no facebook da Prefeitura  https://www.facebook.com/preflp/posts/2064108133756693

Fonte: Metropoles