2ª Feira Literária de SBC é opção de lazer cultural

A única feira de literatura infantojuvenil do Estado começa no próximo dia 27 em São Bernardo do Campo. A 2ª Feira Literária de São Bernardo (Felisb), que acontece no Pavilhão Vera Cruz e estará aberta ao público em geral aos sábados e domingos, espera a visita de 10 mil pessoas por dia e, pela proximidade e qualidade do evento, é uma ótima opção de lazer para as famílias da Região Metropolitana e Litoral.

A feira, realizada pela Prefeitura de São Bernardo do Campo em parceria com a Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ), acontece até 13 de outubro. De segunda-feira a sexta-feira, ela vai estar aberta exclusivamente para os 72 mil alunos da rede municipal de ensino. Nos finais de semana, a Felisb é aberta a todos, com ingresso R$ 2 e meia-entrada para crianças até 12 anos, estudantes, professores da rede estadual e maiores de 65 anos. Para alunos e professores da rede municipal de São Bernardo a entrada é gratuita todos os dias.

Entre os autores confirmados estão Maria Beatriz de Almeida Serra, Daniel Munduruku, Ninfa Parreiras, Luciana Sandroni, Ciça Fittipaldi, Odilon Moraes, Rogério Andrade Barbosa, Mary e Eliardo França, Ivan Zigg e André Neves.

Aproximadamente 60 editoras mantenedoras e associadas à FNLIJ, entre as quais, Brinque-Book, Ática, Scipione, Moderna, Salamandra, Rocco, Grupo Record, Cia das Letrinhas, entre outras, participarão da FELISB.

Por ser um evento de caráter educacional e voltado ao público infantojuvenil, não serão expostos livros didáticos, de referência, religiosos ou de autoajuda. Isso significa que o acervo apresentado obedecerá à política de seleção de acervo praticada pela Secretaria Municipal de Educação em consonância com os critérios de avaliação praticados pela FNLIJ. 

Sobre a Rede de Ensino São Bernardo 

A Secretaria de Educação de São Bernardo é responsável pela gestão de 184 unidades escolares de educação infantil, ensino fundamental, especial e educação de jovens e adultos, com cerca de 72 mil alunos. A Rede Escolar de Bibliotecas Interativas (REBI) foi criada em 1999 e tem por missão favorecer o desenvolvimento da competência na leitura e na escrita, a construção do conhecimento, a produção cultural e inclusão social, por meio do acesso e da apropriação de recursos, suportes e linguagens informacionais. Atualmente estão em funcionamento 91 Bibliotecas Escolares Interativas (BEI) que desenvolvem projetos com alunos e com a comunidade, além de mais 44 espaços adaptados para leitura.

Sobre a FNLIJ 

A Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ), criada no dia 23 de maio de 1968, é a seção brasileira do International Board on Books for Young People (IBBY), órgão consultivo da UNESCO para o livro infantil, sendo pioneira no Brasil em projetos de incentivo à leitura. É uma instituição de direito privado, de utilidade pública federal e estadual, de caráter técnico-educacional e cultural, sem fins lucrativos, estabelecida na cidade do Rio de Janeiro. Em 1999, a FNLIJ realizou, pela primeira vez no Brasil, uma feira somente de livros de literatura e informativos publicados para o público infantojuvenil: o 1º Salão FNLIJ do Livro para Crianças e Jovens, no Galpão das Artes do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, a primeira feira de livros com uma biblioteca. Devido ao sucesso do evento, o que resultou em grande apoio da mídia, o Salão FNLIJ se firmou no calendário Cultural da cidade do Rio de Janeiro e vem sendo organizado anualmente desde então.

Serviço – A 2ª Feira Literária de São Bernardo (Felisb) será realizada de 27 de setembro a 13 de outubro. Das 8 às 18h, de segunda-feira a sexta-feira. Sábados e domingos das 10h às 20h, no Pavilhão Vera Cruz (avenida Lucas Nogueira Garcez, 756, São Bernardo do Campo).