15ª edição da Marcha para Jesus de São Bernardo reúne 10 mil pessoas

vento promovido por igrejas evangélicas da cidade contou com o apoio da Prefeitura

São Bernardo recebeu mais uma vez, neste sábado (10), a Marcha para Jesus, promovida por igrejas evangélicas da cidade com o apoio da Prefeitura. Em sua 15º edição, o evento, que trouxe neste ano o tema Fortalecendo Aliança, reuniu cerca de 10 mil pessoas e contou com a presença do prefeito e do secretário de Serviços Urbanos.

A concentração dos fieis teve início a partir das 11h, com saída da caminhada às 12h. A marcha começou na Avenida José Frnari (próximo ao Walmart), passou pela Rua Marechal Deodoro, Avenida Senador Vergueiro e chegou ao Ginásio Poliesportivo, na Avenida Kennedy, por volta das 14h30, onde prosseguiria até as 21h, com a apresentação de shows com bandas do estilo Gospel.

O evento mundialmente conhecido como Marcha para Jesus foi aprovado na Câmara Municipal de São Bernardo. De acordo com o pastor Osvaldo Oliveira, presidente do Conselho de Pastores do município, participam da organização mais de 400 igrejas da cidade. “Trata-se de importante evento que reúne lideranças significativas.”

O encontro também foi pontuado por atos de orações de diversos pastores e acompanhado por trio elétrico, ao som da Banda Trio Apocalipse. O chefe do Executivo acompanhou o percurso a pé e subiu no caminhão apenas para falar ao público. “Independente de credo, religião ou raça, o importante é homenagear a Deus, e tudo a Ele devemos, principalmente as nossas conquistas. Vamos aproveitar para orar pela nossa cidade e também pela presidenta Dilma (Rousseff), que tem sofrido muita intolerância, e que Deus continue abençoando a todos nós”, disse.

No período da tarde, já no palco montado no Poliesportivo, o secretário de Serviços Urbanos representou o prefeito no momento em que vários integrantes das igrejas foram homenageados. “Quero agradecer a presença de todos vocês, que também se empenham em cuidar das pessoas de forma espirituosa. E esperamos para 2106 um evento bem maior, com mais pessoas em nossa cidade”, disse.

A manifestação, que ocorre todo ano pelo mundo, foi criada em 1987, em Londres, com nome de City March, tendo chegado ao Brasil por iniciativa de lideranças evangélicas das neopentecostais, apoiada por igrejas tradicionais e pentecostais.