TRE-SP cassa diploma de prefeito de Clóvis Volpi, em Ribeirão

Prefeito afirmou que vai recorrer da decisão
O TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo) aceitou pedido para cassar o diploma do prefeito de Ribeirão Pires, Clóvis Volpi (PL), feito pelo ex-prefeito Adler Kiko Teixeira (PSDB) e o ex-prefeiturável Felipe Magalhães (PT). O julgamento aconteceu na tarde desta terça-feira (20). Ele poderá recorrer na cadeira

O argumento foi o de que Volpi teve rejeitadas as contas de 2012, último ano de seu segundo mandato à frente da Prefeitura. Assim, estaria inelegível com base na Lei da Ficha Limpa e não poderia concorrer no ano passado.

Foram seis votos a zero contra Volpi, em ação que traz instabilidade política para o município. Se o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) entender que houve a irregularidade, a chapa é cassada como um todo – seu vice é o Amigão D”Orto (PSB). O presidente da Câmara, Guto Volpi (PL), filho do prefeito, assume a cidade interinamente até o TSE agendar nova eleição.