Teleférico põe turista no ar no Parque Estoril, em Riacho Grande

O zoológico do Parque Estoril mantém em exposição 270 animais de 70 espécies da Mata Atlântica

São muitas as atrações nos cinco parques de São Bernardo. Cada um tem sua peculiaridade, como aquário de água doce, teatro de arena, casarão histórico e pistas para esportes radicais, entre outras atrações. Mas, localizado em área de Mata Atlântica às margens da Represa Billings, na região do Riacho Grande, o Parque Natural Municipal Estoril é a estrela da companhia, por assim dizer. Afinal, é um dos poucos parques praticamente em área urbana a contar com zoológico, além de teleférico que literalmente coloca os turistas no ar para verem de cima parte da represa e a exuberância da mata ainda preservada.

A doméstica Francisca Maria da Conceição, moradora do bairro Planalto Paulista, na Zona Sul da Capital, esteve em São Bernardo para conhecer o Estoril e aproveitou para passear no teleférico. “Fiquei encantada. É a primeira vez que venho à cidade e a primeira que ando em um teleférico. Fiquei um pouco tensa quando começou a subir, mas depois passou. É maravilhoso ver as árvores e a represa do alto. Voltarei outras vezes e recomendarei aos amigos”, disse.

O zoológico mantém em exposição 270 animais de 70 espécies da Mata Atlântica, como anta, tamanduá-mirim, papagaio de peito roxo, jacaré de papo amarelo, jiboia e jabuti, além de animais ameaçados de extinção, como a jaguatirica e o tamanduá-bandeira.

Os outros parques da cidade são o Salvador Arena, o Chácara Silvestre, onde se destaca antiga moradia da família Simonsen (imóvel da década de 1930) e tem, entre outras atrações, trilha para caminhada e ciclovia para crianças; o Parque Città Di Maróstica (esportes radicais); e o Parque Raphael Laz6zuri, que reúne brinquedos infantis, teatro de arena e atividades esportivas.