São Bernardo lança Guia da Saúde

Objetivo da publicação, que conta com versão on-line, é facilitar acesso da população aos serviços do Sistema Único de Saúde (SUS)

O prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho, acompanhado da secretária de Saúde, Odete Gialdi, lançou o Guia da Saúde na manhã desta terça-feira (18), no anfiteatro do Hospital de Clínicas Municipal José Alencar, no Bairro Alvarenga. A publicação também ganhou uma versão digital, que pode ser acessada no portal da Prefeitura, no endereço www.saobernardo.sp.gov.br/guiadasaude.

A nova publicação, que tem como objetivo facilitar o acesso da população aos serviços do Sistema Único de Saúde (SUS), contem endereços, telefones, emails e horários de funcionamento das unidades municipais de saúde, a relação de especialidades médicas e exames oferecidos, além de uma série de informações para as pessoas que necessitam usar a rede pública.

O Guia será distribuído nas UBSs, UPAs, clínicas de especialidades, hospitais e em outros equipamentos de saúde do município. Também será entregue aos usuários do SUS nas visitas domiciliares feitas pelos agentes comunitários de saúde. “Os moradores têm muitas dúvidas quanto a endereços e horários de atendimento. O Guia nos ajudará a sanar essas questões e orientar a população”, destacou Kátia Gonçalves Naru, agente comunitária de saúde.

A secretária da Pasta ressaltou que a publicação deverá ser atualizada com novas informações da rede de saúde. “Novas unidades serão inauguradas e essas informações constarão nas próximas edições. Por mais que tenhamos a versão online, as pessoas ainda querem o Guia no papel”, disse.

O prefeito de São Bernardo lembrou que desde 2009 a rede municipal de saúde vem passando por transformações, com a reforma e ampliação de unidades e a reformulação da Atenção Básica, Urgência e Emergência, Saúde Mental e outras áreas. “Evoluímos muito de 2009 até hoje. Se antes havia uma rede sucateada, hoje somos referência de atendimento no Brasil. O Guia veio para facilitar o acesso da população e sanar as dúvidas com relação ao SUS”, destacou.