Ribeirão Pires volta a depender de vagas da Cross para pacientes Covid

A Prefeitura de Ribeirão Pires informou que a cidade voltou a depender de vagas cedidas pela Cross (Central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde), do governo do Estado, para pacientes com Covid-19.

Após o hospital de campanha ter atingido o colapso entre março e abril, quando 40 pessoas morreram à espera de leitos, o equipamento voltou a apresentar 95% de ocupação.

O prefeito de Ribeirão Pires, Clovis Volpi ao lado do Secretário de Saúde Audrei Rocha, realizaram uma live para alertar a população da cidade.

Dois pacientes, internados na UPA Santa Luzia (Unidade de Pronto Atendimento) em estado gravíssimo, aguardam por vagas.

Fonte DGABC