Professor de 60 anos é preso acusado de abusar de alunas em São Bernardo

Um professor de 60 anos foi preso em flagrante, na quinta-feira (7), acusado de abusar de uma aluna na Escola Estadual Célio Luiz Negrini, localizada na estrada da Pedra Branca, em São Bernardo do Campo. Segundo informações, o professor de matemática passou a mão nas pernas de uma aluna de 15 anos, e, após isso, surgiram informações que ele teria assediado também outras alunas.
As informações dão conta de que o docente teria acariciado as coxas da vítima quando ela teria ido retirar uma apostila. Após o episódio, a garota foi relatar o fato para as colegas de turma e outras alunas da sala disseram que esse mesmo professor tinha tocado as partes íntimas delas.
A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP) afirmou, por meio de nota, que “repudia todo e qualquer tipo de assédio” e que abriu procedimento sobre o caso. “Assim que as estudantes denunciaram a situação, a direção atuou de forma ativa, comunicando a Diretoria de Ensino de São Bernardo do Campo, que abriu o processo de apuração preliminar e o docente foi afastado.
A Polícia Militar também foi acionada e o docente foi encaminhado para a delegacia.
O caso foi inserido na Plataforma Conviva SP – Placon, sistema utilizado para acompanhamento de registro de ocorrências escolares na rede estadual de ensino. A escola coloca à disposição das estudantes a assistência do Programa Psicólogos na Educação, se autorizado por seus responsáveis. A unidade escolar e a Diretoria de Ensino de São Bernardo do Campo estão à disposição da comunidade escolar e autoridades para mais esclarecimentos”, diz a nota.
O caso foi registrado no 6ºDP de São Bernardo do Campo e, segundo a Secretaria da Segurança Pública, detalhes não podem ser divulgados por conta da natureza do crime.
✍🏼Com Informações do jornal O grande ABC.