Paulo Henrique Amorim é afastado do "Domingo Espetacular"

9

Da Redação

Após 14 anos ininterruptos no comando do programa Domingo Espetacular, da TV Record, o jornalista Paulo Henrique Amorim foi afastado da atração dominical pela alta cúpula da emissora. Amorim permanece contratado da Record, mas não participará de nenhum programa da atual grade de programação da rede de tgelevisão do bispo bolsonarista Edir Macedo.

Editor do blog de esquerda Conversa Afiada, plataforma utilizada pelo jornalista para criticar duramente o bolsonarismo e o lavajatismo, PHA vinha sendo motivo de pressão por parte do presidente Jair Bolsonaro contra a emissora, uma aliada de primeira hora de sua campanha e de seu governo de extrema direita.

Com o escândalo da Vaza Jato, trazido a tona pelo jornalista Glenn Greeewald nol site The Intercept Brasil, Paulo Henrique Amorim também virou alvo de pressões por parte do ministro da Justiça, Sérgio Moro, de quem o jornalista sempre foi um crítico ácido.

Segundo o colunista Daniel Castro, do Notícias da TV, “a Record convocou o apresentador para uma reunião na tarde desta segunda-feira (24) e lhe comunicou que ele está fora do programa. Amorim, que tem contrato até 2021, não será demitido.”

A Record confirmou a informação e disse que Amorim, com “sua experiência e talento”, poderá ser alocado em novos projetos da diretoria de Criação de Jornalismo.