Paranapiacaba é opção de passeio no feriado da República e da Consciência Negra

A Vila de Paranapiacaba é um ótimo destino de passeio para quem permanecer na região durante os feriados da República (15) e da Consciência Negra (20). Construída por uma companhia inglesa no fim do século XIX, a vila ferroviária de Santo André é considerada patrimônio histórico nacional. Localizada a cerca de 30 km do Centro da cidade, o local oferece uma série de atividades relacionadas ao turismo cultural e ambiental.

Uma das atrações é o Circuito Museológico, na Parte Baixa da vila, com o Museu Castelo (Rua Caminho do Mendes, s/nº – ingresso R$ 3,00), o Museu Funicular (entrada pela passarela, ingresso R$ 3,00), que resgatam a história da vila e da ferrovia, o Centro de Documentação de Arquitetura e Urbanismo, o Antigo Mercado (Rua Campos Salles, s/nº), e o Clube União Lyra Serrano (Avenida Antonio Olyntho, s/nº), onde eram realizados bailes e shows, entre outras atividades. Nestes locais a entrada é gratuita. Nos feriados, os espaços funcionarão todos os dias, das 8h30 às 16h45.

O passeio de maria-fumaça é outra atração bastante procurada pelos turistas. O trem é operado pela Associação Brasileira de Preservação Ferroviária, com apoio da Prefeitura de Santo André e da MRS Logística. No fim de semana prolongado a atração funcionará na sexta-feira e domingo, a partir das 10h, percorrendo trecho de cerca de um quilômetro. O passeio custa R$ 5,00 e o acesso se dá pela passarela.

O visitante pode ainda se aventurar pelas seis trilhas do Parque Natural Municipal Nascentes de Paranapiacaba em meio à Mata Atlântica. No local, encontram-se exemplares de cedros, bromélias e orquídeas, além da fauna silvestre, com sanhaços, beija-flores, pica-paus, tangarás e macucos, entre outros. Outra atração são as nascentes do Rio Grande, principal formador da Represa Billings, e que dão o nome à unidade de conservação. As trilhas só podem ser feitas com o acompanhamento de monitores credenciados pela Prefeitura de Santo André. O serviço custa a partir de R$ 15 por pessoa.

O parque dispõe ainda de um Centro de Visitantes (na Rua Direita, 371, tel. 11 4439-0321), que conta com uma exposição permanente que retrata parte da Mata Atlântica, com réplicas de plantas, animais e suas pegadas. Há ainda exposição de sementes, madeiras e ninhos de pássaros, um aquário com peixes da região, maquete da área do parque e banners com informações sobre a unidade de conservação. O parque e do centro estarão abertos para visitação todos os dias dos feriados, das 8h30 às 16h45. A entrada no Centro de Visitantes é franca.

TEATRO – No domingo (17), às 14h, o Clube União Lyra Serrano será palco da peça Entrelinhas – A paciente homossexual de Freud, do grupo Teatro dos 108 desejos. No drama, baseado em fatos reais, a personagem Margareth oculta um sentimento platônico: sua paixão pela baronesa Leonie. Imersa num conflito interno, tenta o suicídio. Sua atitude impulsiva a faz deparar-se forçosamente com o divã de Freud. As sessões irão além da reflexão sobre sua orientação sexual, revelando ao público a trajetória psicológica da jovem. A devoção e o amor destinados à Leonie é o que conduz a personagem a esta jornada de descobertas e libertações. O espetáculo é baseado em fatos reais e indicado para maiores de 14 anos. Os ingressos, gratuitos, serão distribuídos na bilheteria do clube uma hora antes da apresentação.

COMO CHEGAR – Para chegar à vila de carro, o interessado deve seguir pela Via Anchieta até o Km 29 (placa para Ribeirão Pires), entrar na SP 148 (estrada Velha de Santos) até o Km 33 e pegar a Rodovia Índio Tibiriçá (SP 31) até o Km 45,5. Após, pegar a SP 122 até Paranapiacaba. Também é possível chegar à vila de ônibus, que sai do Terminal Rodoviário de Santo André (Tersa), que partem do Terminal de Santo André, localizado na estação ferroviária Prefeito Saladino (CPTM), ou da estação ferroviária de Rio Grande da Serra (CPTM) a cada hora (Viação Ribeirão Pires, fone: 4828-9646).

Mais informações sobre passeios na vila podem ser obtidas no Centro de Informações Turísticas, tel. (11) 4439-0237, no sítio da prefeitura de Santo André www.santoandre.sp.gov.br.

Serviço

Passeio de maria-fumaça: saída da passarela que liga a Parte Alta à Parte Baixa da vila na sexta-feira e no domingo, a partir das 10h. O passeio custa R$ 5.
Parque Nascentes de Paranapiacaba: Centro de Visitantes – Rua Direita, 371, tel. 11 4439-0321: de sexta-feira a domingo das 8h30 às 16h45. As visitas só podem ser realizadas com o acompanhamento de monitores cadastrados. As trilhas custam a partir de R$ 15 por pessoa.
Mais informações: Centro de Informações Turísticas, tel. (11) 4439-0237, no sítio da prefeitura de Santo André www.santoandre.sp.gov.br.

A respeito de Santo André

O município foi fundado oficialmente em 8 de abril de 1553. Com área de 174,38 km², está localizado no Grande ABC (Região Metropolitana de São Paulo), distante 18 km da Capital. A cidade é estratégica para o setor logístico, pois está inserida no principal polo econômico do país, próxima a algumas das principais rodovias estaduais e federais, as quais dão acesso ao Porto de Santos e aos aeroportos de Cumbica e de Congonhas.

Conforme último censo, divulgado em 2011, Santo André possui 678.486 habitantes. No mesmo ano, o PIB (Produto Interno Bruto) foi de R$ 16,9 bilhões, sendo o 29º maior do país e o 10º maior entre as cidades do Estado de São Paulo. O orçamento de 2013 é de R$ 2,4 bilhões.