Nova prática de exercícios físicos ganha adeptos em parques do ABC

Calistenia une treinos de flexão, força e abdominais; posturas são desafiadoras e atraem homens e mulheres

Uma tendência na prática esportiva vem atraindo jovens, adultos e idosos do ABC. A calistenia ganha espaço em parques de Santo André e São Bernardo. Os grupos de treinamento Santo André Barzz e ABC Barzz já somam mais de 100 praticantes.

A calistenia se baseia em treinos de flexão, força, abdominais e por movimentos estáticos de alta intensidade. A atividade se expandiu na região por meio de praticantes que acompanhavam vídeos e tutoriais de atletas estrangeiros. “Via esses vídeos e tentava reproduzir aqui no parque com o celular. Conforme ia incrementando exercícios, comecei a despertar a curiosidade das pessoas”, afirmou o educador físico Flávio Costa, 41, esportista pioneiro da modalidade no ABC.

Desde 2008, Costa já praticava o esporte no Parque Antônio Pezzolo, na Chácara Pignatari, em Santo André. Douglas Patini, 27, foi uma das pessoas que via o educador físico praticando a calistenia e decidiu, em 2012, reunir outras pessoas para formar um grupo e popularizar a prática. Hoje, é líder do grupo andreense, com cerca de 50 integrantes.

Em São Bernardo, a história é parecida. Após voltar dos Estados Unidos em 2013, o analista de planejamento Jeremias Andrade, 27, e Júlio César Vieira formaram o ABC Barzz. “Percebi que não havia praticantes na cidade. Então, comecei a pesquisar parques com estrutura para a prática do esporte”, explicou Andrade. A equipe, oficializada há mais de um ano, treina no Parque da Juventude Città Di Moróstica.

Além da divulgação do esporte pela internet, a reivindicação por um espaço adequado em Santo André e a instalação de barras de metal nas duas cidades foram fundamentais para o aumento de participantes. “Depois que reformaram o parque e colocaram os aparelhos, o pessoal começou a usá-los. Não tinha como passar por aqui e não prestar a atenção”, disse o microempresário Fabio Rogério Bukyscurtolo, 39, que frequenta o Parque Pignatari.

Praticantes buscam força, condicionamento físico e resistência muscular.

Leia mais em :

https://www.metodista.br/rronline/noticias/esportes/2015/10/calistenia-cresce-no-abc