Nível de ocupação na região do ABC recua em 2015, após dois anos de estabilidade