Mais de cem pessoas deixam as ruas e voltam para suas famílias com apoio de São Bernardo

A fim de combater a situação de vulnerabilidade das pessoas em situação de rua, o Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro POP) da Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania (Sedesc), realiza, periodicamente, o acolhimento e abordagem social, além do trabalho de reintegração familiar. Em 2013, 60% das pessoas atendidas que saíram de situação de rua foram reintegradas em suas famílias.

Das 103 pessoas que saíram da situação de vulnerabilidade, 62 voltaram para suas famílias, destas, 23 retornaram para suas cidades de origem; 21 estão em moradias próprias; e 20 foram atendidas pelo programa de auxílio moradia que é oferecido por no máximo seis meses, durante o processo de reorganização da pessoa atendida. Das pessoas que saíram de situação de rua, 44 foram selecionadas pelo programa Frente Municipal de Trabalho, e 15 já iniciaram as atividades.

De acordo com a secretária de Desenvolvimento Social e Cidadania, as pessoas que estão em situação de rua, perderam os vínculos e referências sociais e ficaram vulneráveis. “Sempre que possível buscamos restabelecer os vínculos familiares. Com apoio de nosso corpo técnico conseguimos dar subsídios para que essa pessoa consiga reestruturar sua vida”, disse.

O serviço de abordagem é feito por 16 educadores, de segunda a domingo, das 8h às 23h. Todos os atendidos são acompanhados pela equipe técnica do Centro POP, que identifica as situações individuais e busca os encaminhamentos possíveis para o rompimento das situações de risco e vulnerabilidade social. A ação da equipe inclui o encaminhamento a diversos serviços municipais, como o atendimento médico, psicológico, documentação, entre outros. De forma articulada, o serviço conta com o apoio de um grupo de trabalho formado por integrantes das secretarias de Segurança Urbana, Fundação Criança, Saúde, Serviços Urbanos e Desenvolvimento Econômico Trabalho e Turismo.

O telefone do Centro POP é 4126-3888, horário comercial. Já o telefone do serviço de abordagem é o 99883-4749.