Grande ABC pode ter mais de 390 mil infectados pela Coronavírus

Grande ABC pode ter mais de 390 mil infectados pela Covid-19 

O Grande ABC pode ter 390,5 mil pessoas infectadas pelo novo coronavírus e destas, 19,5 mil podem precisar de um leito de UTI (Unidade de Terapia Intensiva). As projeções têm sido feitas pelo Ministério da Saúde, que considera que, em média, 14% da população deve ter Covid-19 sintomática e 5% podem manifestar a forma mais grave da doença. Na região, se os números se confirmarem em um curto espaço de tempo, vão faltar leitos e respiradores, já que, de acordo com o Datasus, banco de dados do Ministério da Saúde, as cidades têm 882 leitos de UTI adulto e 1.240 respiradores, somadas as redes pública e privada.

Uma das formas de tentar conter o avanço da pandemia é reduzir o número de pessoas nas ruas e, por consequência, a quantidade de pacientes contaminados. O governo do Estado de São Paulo considera como meta que 70% da população das cidades deixem de circular e assim seja possível não só frear a proliferação dos casos, como também prestar atendimento adequado.

Na região, Diadema tem apresentado a maior adesão às medidas de distanciamento social e na média das medições que vêm sendo feitas pelo governo do Estado, com base em dados do sinal de telefonia celular desde o dia 8, 58,8% das pessoas ficaram em casa (leia mais abaixo). O governo estadual promete disponibilizar, em breve, dados de todos os municípios no site www.saopaulo.sp.gov.br/coronavirus.

Saiba mais em:https://www.dgabc.com.br/Noticia/3392778/grande-abc-pode-ter-mais-de-390-mil-infectados-pela-covid-19