Entrega de sedex causa confusão no ABCD

Grande demanda levou a filas e atrasou atendimento em Santo André


Uma longa fila se estendeu em frente ao CEE (Centro de Entrega de Encomendas) dos Correios em Santo André, que recebe encomendas e sedex acima de um quilo de todo o ABCD, na manhã desta quinta-feira (29/09). Na fila, estavam pessoas que desejavam retirar encomendas paradas no galpão por conta da greve dos funcionários dos Correios.

Além do sol e de poucas informações, quem se arriscou a enfrentar a longa fila se deparou com a morosidade do serviço. “Como há uma fila única, idosos, gestantes e mulheres com crianças têm atendimento preferencial”, reclamou a dona de casa Fabiana Almeida, que enfrentava a mesma situação pela segunda vez.

Fabiana buscava por uma encomenda enviada para o marido e, na quarta-feira (28/09), não obteve sucesso. “Cheguei por volta das 16h15 e já não havia mais atendimento, sendo que as informações de sites e dadas por telefone são de que os trabalhos devem ser feitos até as 17h”, afirmou.

No final da manhã de quinta, uma fila de 30 pessoas esperava do lado de fora do galpão por atendimento, enquanto do lado de dentro dos portões de entrada uma nova fila com cerca de dez pessoas aguardava por suas encomendas. Um segurança do local que não quis se identificar disse que informações como nome completo, número de RG e do registro da correspondência são passadas para um atendente, que libera a entrada da pessoa.

Durante cerca de uma hora em que a reportagem do ABCD MAIOR esteve no local, somente dois idosos e uma mulher com uma criança de colo haviam tido sucesso e retirado a correspondência. “Sei que vou perder grande parte do dia aqui, mas preciso retirar uma encomenda de material para minha loja. Há clientes me cobrando e preciso do material”, disse o comerciante Rodrigo Príncipe.

Sombra – Quem chegava se deparava com a longa fila, que em determinado momento ficou desorganizada com as pessoas em busca de uma sombra. “Estou em horário de trabalho. Não posso ficar aqui. Comprei um aparelho eletrônico em um site e há dez dias o produto está aqui. Porém, é melhor esperar mais uns dias”, lamentou o vendedor Fernando Souza.

Quanto a Fabiana Almeida, que tentava pela segunda vez retirar uma encomenda para o marido, depois de mais de três horas na fila, foi informada de que não poderia retirar o pacote. “É um absurdo. Primeiro disseram que eu poderia retirar, agora informaram que eu preciso ter uma autorização dele. Perdi dois dias para nada”, reclamou.

A assessoria de imprensa dos Correios informou que, por não ser um local de atendimento ao público, há carência de estrutura necessária para acomodar as pessoas. A administração dos Correios orientou que os atendimentos sejam feitos de segunda a sexta-feira das 10h às 17h e aos sábados, das 9h às 12h. Informações podem ser obtidas na central de informações dos Correios pelo telefone 3003 0100.