Enel é empresa com maior número de reclamações no Procon

O Procon Santo André consolidou o balanço de atendimentos no primeiro semestre de 2022. De acordo com o órgão de defesa do consumidor, no primeiro semestre deste ano foram realizados 5.559 atendimentos, aumento de 38,49% em relação ao mesmo período de 2021, quando foram registrados 4.014 atendimentos.

A Enel seguiu com alta demanda de casos e se manteve no topo do ranking de reclamações. Foram registradas 354 reclamações contra a empresa nos seis primeiros meses de 2022. As principais demandas foram questionamentos sobre cobrança indevida, corte de energia e não realização de leitura.

“Se tratando de uma concessionária de energia, o consumidor não possui meios de escolher outra empresa para prestar o serviço”, ressalta a diretora do Procon Santo André, Doroti Gomes Cavalini.

A segunda empresa mais reclamada é a Sabesp, com 256 atendimentos. Os acionamentos se deram devido à falta de canais de atendimento, causando reclamações sobre consumo elevado e não emissão de faturas e boletos para pagamento. Além disso, os consumidores relatam que os canais de atendimento ao consumidor da empresa, por telefone e pela internet, não funcionam de maneira adequada.

Na sequência do ranking, em terceiro e quarto lugar, aparecem as prestadoras de serviços Claro, que registrou 160 atendimentos, e Vivo, com 112 atendimentos. As principais queixas foram sobre sinal, serviço não disponível, cumprimento de oferta, entre outras reclamações.

Na quinta posição está o Bradesco, com 97 atendimentos, e na sexta colocação a Bradescard, com 78 atendimentos. As empresas integram o setor de mercado financeiro, no qual crescem cada vez mais os problemas com cartões de crédito e empréstimo consignado, transações por meios fraudulentos, entre outras queixas.

“Notamos que a maior parte se dá em relação a cobranças indevidas ou não reconhecidas pelos consumidores e às fraudes e clonagens que se tornaram cada vez mais frequentes”, completa Doroti.

Anhanguera Educacional, Mercado Pago, Banco Pan e Caixa Econômica Federal ocupam a sétima, oitava, nova e décima posição do ranking, respectivamente.

O cenário do ranking das empresas mais reclamadas não sofreu alterações significativas entre o primeiro semestre de 2021 e os seis primeiros meses de 2022. No ano passado, neste período, as dez mais reclamadas no Procon Santo André foram Enel, Claro, Vivo, Sabesp, Anhanguera Educacional, Tim, Bradesco, Via Varejo, Caixa Econômica Federal e Bradescard.

A maioria dos consumidores que procuraram o Procon Santo André no primeiro semestre deste ano tinha mais de 40 anos e era do sexo feminino.

Canais de atendimento – A população também pode tirar dúvidas, receber orientações, fazer denúncias e abrir reclamações no Procon Santo André por meio de atendimentos on-line, que devem ser encaminhados para o e-mail santoandreprocon@gmail.com.

Os atendimentos presenciais são realizados de segunda a sexta, das 8h às 16h, mediante agendamento pelo link www.santoandre.sp.gov.br/agendamento. Os munícipes podem entrar em contato ainda pelo número 3356-9200 para demais informações.

•Ranking das empresas com mais reclamações no Procon Santo André

Empresa / número de reclamações

| 1º semestre de 2022 |

1) Enel – 354

2) Sabesp – 256

3) Claro – 160

4) Vivo – 112

5) Bradesco – 97

6) Bradescard – 78

7) Anhanguera Educacional – 69

😎 Mercado Pago – 69

9) Banco Pan – 68

10) Caixa – 64

| 1º semestre de 2021 |

1) Enel – 301

2) Claro – 109

3) Vivo – 109

4) Sabesp – 71

5) Anhanguera Educacional – 67

6) Tim – 65

7) Bradesco – 55

😎 Via Varejo – 55

9) Caixa Econômica Federal – 48

10) Bradescard – 41