Correios abrem 3.903 vagas para jovem aprendiz em diversos estados

A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) abre inscrições, a partir do dia 25 de fevereiro, para o preenchimento de 3.903 postos de trabalho para a função de jovem aprendiz na formação de assistente administrativo. As oportunidades estão divididas pelos seguintes estados: Acre, Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Goiás, Distrito Federal, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rondônia, Rio Grande do Norte, Roraima, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe, São Paulo e Tocantins.

Para participar, os interessados devem ter entre 15 e 22 anos completos, no ato da contratação. A idade máxima prevista não se aplica aos candidatos com deficiência. É preciso também estar cursando, no mínimo, o nono ano do ensino fundamental, ter noções básicas de editores de texto, planilhas, navegação e pesquisa na internet e aderir e se comprometer a cumprir o Código de Ética e Normas de Conduta dos Correios e os demais regulamentos da empresa.
O processo seletivo é feito a partir da inscrição, realizada por meio do preenchimento, obrigatório, de um formulário eletrônico, de caráter classificatório, e da etapa de comprovação dos requisitos exigidos no ato da inscrição, de caráter eliminatório. Posteriormente, os convocados serão submetidos a exames médicos pré-admissionais e, caso aprovados, ocorre a contratação. Os candidatos serão classificados em ordem decrescente, em função da soma das pontuações referentes à renda familiar, ano escolar em cuso, aprovação escolar e participação em programas sociais como o Bolsa Família, Medida Sócio-Educativa e Programa Vira Vida/Sesi.

Após a contratação, os jovens iniciam no Programa de Aprendizagem, que será realizado no sistema dual, que é composto pela fase teórica, nas dependências do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), e pela fase prática, realizada nas instalações dos Correios, sob orientação de um profissional capacitado.
A jornada de aprendizagem será de 20 horas semanais, distribuídas em quatro horas diárias, totalizando, no mínimo, 800 horas. Há vagas para os turnos matutino e vespertino. O Programa de Aprendizagem terá a duração de 12 meses consecutivos. Após o encerramento do curso, o aprendiz com bom aproveitamento receberá um certificado de qualificação profissional.

O salário oferecido é de R$413,13, podendo ser alterado em função do piso salarial estadual previsto para a categoria profissional. A empresa oferece vale-transporte e uniforme, além do benefício do vale-refeição ou alimentação compartilhado em 5%. 
Os interessados devem se inscrever no período de 25 de fevereiro a 13 de março, por meio do link “Concursos”, no site .