Como cortar gastos e economizar durante a pandemia

Isolamento não é suficiente para equilibrar o orçamento afetado por perda de renda? É hora de partir para o “orçamento de guerra”

Quem está isolado em casa por conta da pandemia certamente está gastando menos com lazer, transporte e alimentação. Mas se essa economia ainda não é suficiente para se preparar para uma recessão ou equilibrar o orçamento afetado por perda de renda, é hora de partir para o “orçamento de guerra”.

Uma vantagem da quarentena é que como a família está reunida em casa é possível engajar a todos na hora de cortar gastos, diz Vera Rita de Mello Ferreira, doutora em psicologia social pela PUC, autora dos primeiros livros de psicologia econômica do Brasil e consultora e professora do Vértice.

Naturalmente, é necessário resistir às tentações, e, em último caso, cogitar usar medidas de alívio que os bancos vêm anunciando quando se trata de dívidas, mas consciente de quanto terão impacto no orçamento futuro.

Veja abaixo o que fazer para diminuir gastos e economizar na pandemia:

1 – Calcule o novo orçamento

Primeiro é necessário calcular o quanto foi perdido, de fato, de renda familiar, e o que é prioritário pagar com o dinheiro, como contas da casa e comida. Também vale checar se é possível se enquadrar em benefícios federais criados para sustentar trabalhadores na pandemia, como o auxílio emergencial ou a MP 936.