Combate à dengue: Governo de SP vai distribuir repelente para as grávidas

ARTICLE TOP AD

COE anuncia ainda mais leitos hospitalares e compra de medicamentos

O Centro de Operações de Emergências (COE), do Governo de São Paulo, divulgou três novas medidas de combate à dengue para o estado, após decretar emergência em saúde pública, no dia 5 de março.

A primeira ação é a aquisição de 300 mil unidades de repelentes específicos para a população gestante, que atenderá cerca de 50 mil mulheres no estado. A distribuição será feita durante o período de emergência para todas as grávidas atendidas nos municípios, seja pelo SUS ou rede particular. O processo de compra emergencial será aberto nos próximos dias.

“Nosso objetivo é colocar à disposição da gestante, um público de atenção para dengue, zika e chikungunya, mais uma proteção à sua saúde e de seu bebê”, ressaltou Priscilla Perdicaris, secretária de Estado da Saúde em exercício.

Durante a quinta reunião do COE, participaram também membros da OPAS (Organização Pan-Americana da Saúde), do núcleo de Emergências, Evidências e Repostas, para subsidiar decisões e documentos técnicos estaduais.

Os membros validaram, ainda, a resolução que cria o primeiro comitê estadual de investigação de óbitos por arboviroses urbanas. “É fundamental investigar todos os casos suspeitos e confirmados e identificar os fatores associados às ocorrências. São análises e respostas que norteiam ações para diminuir o número de óbitos no estado”, ressaltou Regiane de Paula, coordenadora em Saúde da Coordenadoria de Controle de Doenças da SES.

A SES anunciou, também, a compra centralizada de medicamentos e insumos para distribuição aos municípios. Além disso, o Instituto de Infectologia Emílio Ribas, na capital, está abrindo 28 leitos de enfermaria e 10 leitos de UTI. Toda a rede de leitos hospitalares permanece sendo monitorado para atender aos casos graves e de alta complexidade.

O COE está realizando o envio de novo ofício ao Ministério da Saúde, solicitando o repasse de recursos ao Estado. Até esta quinta-feira (14), São Paulo registrou 214.757 casos confirmados para dengue, com um coeficiente de 483 casos para 100 mil habitantes e, infelizmente, 66 óbitos confirmados. Ao todo, 44 municípios paulistas já decretaram estado de emergência.

Saiba mais sobre a dengue acessando o site www.dengue100duvidas.sp.gov.br.
São Paulo São Todos contra o mosquito!

ARTICLE BOTTOM AD