Televisão & Afins

02/12/2012 13:11 Felipe Gatto

Os excessos da Record

De acordo com o nosso amigo dicionário, a palavra excesso significa “aquilo que ultrapassa uma convenção ou um limite legal. Grau elevado. Falta de moderação”. Esses termos se aplicam perfeitamente à Rede Record de Televisão, hoje considerada a TV dos excessos. 

A emissora excede demasiadamente em tudo, desde seu jornalismo e teledramaturgia até, e principalmente, seus reality shows. Basta uma atração obter sucesso e repercussão, que pronto: ela é repetida, tem sua duração aumentada, novas edições rapidamente são planejadas e exibidas e a bola de neve vai crescendo.  

Os exemplos são vários, mas vamos destacar alguns: 

“A Fazenda” 

O reality show rural com famosos, teve sua primeira exibição em 2009. Novas edições aconteceram ao longo dos últimos tempos e, neste ano, foi criada e produzida, meio que às pressas, uma versão especial de verão. Agora apresentada por Rodrigo Faro, mudaram-se os participantes – são anônimos, desta vez – e as regras foram alteradas, mas o público não reagiu bem ao programa, que já teve seu horário modificado, patina na audiência e não tem quase nenhuma repercussão na imprensa. 

 

“Caminhos do Coração” – “Os Mutantes” 

A novela que começou bem, transformou-se, aos poucos, em uma série de ficção científica, na qual os efeitos especiais tornaram-se cada vez mais primários e principiantes. O público rejeitou e o projeto, que ainda teria chances de se tornar um seriado semanal, foi interrompido. Até hoje a atração é motivo de piada entre os fãs de novelas. 

 

“O Melhor do Brasil” 

Programa de auditório comandado por Rodrigo Faro, antes era apresentado pelo Márcio Garcia. Mudou-se o apresentador e entrou a novidade “Dança Gatinho”, quadro de sucesso no qual o atual apresentador dança e se caracteriza, dublando grandes sucessos musicais como Lady Gaga, Madonna, Elvis, e muitos outros. A repercussão foi grande, e, consequentemente, a duração do programa foi aumentada. Hoje, a atração dura longas cinco horas. 

 

“Ídolos” 

O famoso reality musical vindo do SBT, que exibiu suas duas primeiras edições, também sempre foi apresentado na Record pelo Rodrigo Faro (outra vez???). Nesta atual edição, que promete ser a última devido à baixa audiência, resolveram dar um descanso para o apresentador, e agora convidaram Marcos Mion, que comanda a disputa entre anônimos na qual quem vence, nunca chegou a se tornar um ídolo no Brasil. Edições e mais edições, agora o programa é exibido ingratamente após as 24 horas e já ganhou outra versão especial para os pequenos, o “Ídolos Kids”, que, pelo menos por enquanto, soa com frescor de novidade e ainda agrada os telespectadores. 

 

“Pica Pau” 

O famoso desenho dos anos 80 foi utilizado incessantemente quase que o dia todo na grade da Record. Colocávamos na emissora e lá estava o Pica Pau, não importando se fosse de manhã, tarde ou noite, de uma hora para outra, o personagem aparecia. A audiência que começou alta, foi se desgastando aos poucos e hoje, “Pica Pau” quase não é mais exibido. 

 

As citações não param por ai, isso sem contar com as participações dos apresentadores de forma exacerbada, se dividindo em vários programas, a maioria com longas durações, o que cansa quem está do outro lado da telinha, fora “queimar” um pouco a imagem dos artistas, como é o caso de Rodrigo Faro, Ana Hickmann, Britto Junior, Marcos Mion, Roberto Justus, e outros, todos no ar em duplas jornadas.  

O que podemos concluir com tudo isso é que o slogan “A Caminho da Liderança” está cada vez mais longe de acontecer de fato, pois os executivos da Record insistem em investir em mais do mesmo, provocando desgastes em seus produtos e em seus respectivos apresentadores, numa overdose de programas longos, repetitivos e com os mesmos rostos. 

A queda na audiência da maioria de suas atrações não deixa de ser uma resposta do público... 

 


RECEBAINFORMATIVOS

Receba novidades sobre vagas de emprego e notícias do site em seu e-mail

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.
Copyright 2010-2017 INFORMA ABC © Todos os direitos reservados.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo