Saúde

18/10/2017 04:25

Mamoplastia e seus diversos tipos

Atualmente a mamoplastia é um dos procedimentos estéticos mais procurados.
Através desta cirurgia plástica é possível melhorar o aspecto das mamas.
Deste modo, existem diversas técnicas que podem tratar condições variadas.
Como exemplo a mamoplastia redutora que reduz o tamanho e o volume. A
mamoplastia de aumento usa prótese de silicone para aumentar o volume
mamário. Por fim, a mastopexia tem como objetivo levantar as mamas e retirar
o excesso de pele.
Independente da técnica escolhida, todas são indicadas para restaurar a forma
e volume das mamas. O procedimento permite manter o equilíbrio do seu corpo
e melhorar a autoestima e confiança.
De qualquer forma é importante procurar um cirurgião plástico para fazer todos
os exames pré-operatórios gerais. Como sangue, eletrocardiograma,
radiografia de tórax, bem como para análise da mama, com a ultrassonografia
e mamografia.
Seios empinados e turbinados
Todas as mulheres sonham em ter seios empinados e turbinados. Deste modo,
para muitas a alternativa é optar pela cirurgia plástica, assim é possível garantir
um aumento do volume dos seios.
Nem todas as mulheres podem optar põe esta técnica, principalmente as que
possuem seios caídos. Para isto o ideal é fazer a mastopexia e fazer o
reposicionamento das mamas.
Mas para aumentar o volume dos seios e ter mais firmeza, pode investir na
mamoplastia de aumento.
A anestesia é local e a cicatriz depende do tipo da incisão escolhida. A técnica
é ideal para quem possui seios pequenos e diminuíram devido à gravidez ou
dieta.
Algumas mulheres ficam infeliz com a aparência física devido às mamas
grandes e flácidas. Quando existe um excesso pode fazer uma alta pressão
nos ombros e trazer dores na coluna.
Nestes casos a mamoplastia redutora é a solução, pois ajuda na redução e
reposicionamento.
No lifting de mamas é possível ser associada à mamoplastia de aumento. A
anestesia é local ou com sedação ou geral, e sua cicatriz pode ser na porção
inferior dos seios.
Cicatrizes após mamoplastia
As cicatrizes ficam escondidas com o uso de biquínis, tops ou blusas. Além
disso, o seu tamanho varia conforme o tamanho dos seios, ou seja, o processo
muda conforme o paciente.
As marcas são individuais, no entanto, o cirurgião no período pós-operatório
faz o acompanhamento.
Pós-operatório
O pós-operatório serve para qualquer tipo de intervenção cirúrgica nos seios.
Para garantir uma recuperação rápida e saudável é preciso:
 Os pontos precisam ser removidos de sete a 15 dias pós-cirurgia.
 É necessário utilizar um sutiã especial de sustentação para imobilizar a
região e cicatrização.
 Os curativos precisam ser utilizados no tempo de 30 a 60 dias.
 Não pode fazer esforços, como carregar peso ou fazer atividade física
por 30 dias.
 A exposição ao sol só pode ocorrer depois de 30 dias.
 É permitido dirigir depois de um mês.
Com as indicações acima o planejamento de todas as cirurgias, inclusive a
mamoplastia, precisa ser feito com supervisão do médico.
O profissional vai avaliar as características físicas do paciente para ver um
resultado que apresente contorno definido e proporções equilibradas.
Lembrando que as informações sobre a mamoplastia, seja redutora, de
aumento ou a mastopexia, devem ser discutidas com cirurgião plástico.


RECEBAINFORMATIVOS

Receba novidades sobre vagas de emprego e notícias do site em seu e-mail

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.
Copyright 2010-2017 INFORMA ABC © Todos os direitos reservados.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo