Regional

16/10/2017 02:59

Novo colégio se instala em Santo André e gera 300 empregos

Em construção no prédio da antiga Fefisa, Vereda planeja investir mais de 200 milhões em unidade nos próximos sete anos

Santo André, 10 de outubro de 2017 – Nos próximos meses, Santo André terá recebido aproximadamente 300 novos empregos com a abertura da primeira unidade da escola particular Vereda. Sediada no prédio que abrigava a antiga Fefisa (Faculdades Integradas de Santo André), na Vila Pires, o colégio está investindo aproximadamente R$ 20 milhões para sua abertura, que acontecerá em janeiro com o início das aulas.

Ao todo, o local possui 11.394 m² e contará com espaços de convívio; laboratórios de ciências, arte, música e design; quadra poliesportiva coberta; salas para diversas atividades físicas; refeitório; biblioteca e ambientes para estudo; pátios cobertos e ao ar livre e elevador. Além das disciplinas tradicionais, os cerca de 640 alunos da nova escola também terão aulas de competências, como habilidades socioemocionais, criatividade, empreendedorismo, comunicação, entre outros. Em um primeiromomento, o colégio será para o ensino fundamental I e II.

Dos cerca de 300 novos empregos que o novo empreendimento gerará, cerca de 100 são diretos e 200 indiretos, sendo munícipes em sua maioria. Tal investimento na cidade, segundo o presidente da escola, Danilo Costa, se deve à pluralidade da estrutura da cidade. “Após uma longa pesquisa em diversas cidades do Brasil, identificamos em Santo André um grande potencial para instalar um rede de qualidade a um valor acessível. O município tem um repertório cultural muito acima da média, com uma sociedade muito calorosa, pais com alto grau de instrução e tudo isso é combustível para a escola. Na cidade tem parque, museu, mata atlântica, estádio, shopping, indústria e agenda cultural aquecida. São fatores que nos incentivaram a olhar e perceber todo o potencial, que nos fez identificar que o município reúne tudo o que precisávamos para abrirmos a nossa primeira unidade”, disse Costa.

De acordo com a escola, é estimado que ao longo dos próximos sete anos os valores dos investimentos superem a casa dos R$ 200 milhões, distribuídos entre infraestrutura, expansão, formação continuada dos professores, pesquisa e desenvolvimento e produção de conteúdo.

Para o prefeito Paulo Serra, a escolha da Escola Vereda em instalar sua primeira unidade em Santo André se deve ao novo momento vivido pela cidade, que tem se desenvolvido economicamente. “É mais um empreendimento que vem para a cidade a um valor muito alto. Conseguimos gerar um novo clima na cidade, com retomada de investimentos e geração de empregos. É mais um passo para a reconstrução do crescimento de Santo André. Um equipamento gerando emprego, renda e oportunidade de educação de qualidade na cidade”, afirmou o prefeito.

As aulas na escola iniciam no dia 22 de janeiro de 2018 e tem recebido o público para esclarecer dúvidas e detalhar sobre o corpo pedagógico e sua metodologia todas as terças e quintas-feiras, às 19h, e aos sábados, às 10h (exceto em feriado prolongado).


RECEBAINFORMATIVOS

Receba novidades sobre vagas de emprego e notícias do site em seu e-mail

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.
Copyright 2010-2017 INFORMA ABC © Todos os direitos reservados.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo