História Geral

03/10/2012 22:47 Reconstruindo o Passado

Seca devastadora teria colocado fim à era das pirâmides

Um artigo publicado pela revista especializada Geology, com base em uma investigação conduzida por um grupo de cientistas dos Estados Unidos, mostra que uma grande seca, ocorrida há 4,2 mil anos, teria causado uma crise que afetou de forma drástica as sociedades da bacia do Rio Nilo, colocando fim na era das pirâmides no Antigo Egito.

A investigação, da qual participaram, entre outras insituições, a Universidade da Pensilvânia e o Serviço Meteorológico dos Estados Unidos, foi realizada após a análise de fósseis de pólen e cabono vegetal de escala microscópica, e a combinação destes resultados com outros registros históricos e arqueológicos.

A conclusão após esta investigação é de que tanto o Antigo Egito como outras culturas mediterrâneas foram afetadas de maneira drástica por uma seca acentuada e prolongada que devastou a vegetação e produziu uma grande fome. Diante disso, a sociedade egípcia com suas imponentes pirâmides nada pode fazer diante da mudança climática que provocou uma enorme dificuldade ao acesso à água. Os pesquisadores também traçaram um paralelo entre a situação daquela época com a de um hipotético cenário atual, tendo por base o mundo em que vivemos e os desafios em relação ao meio ambiente que a sociedade está enfrentando.

 
 

 

 

 

 

RECEBAINFORMATIVOS

Receba novidades sobre vagas de emprego e notícias do site em seu e-mail

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita.
Copyright 2010-2017 INFORMA ABC © Todos os direitos reservados.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo