Política

Estados e municípios ficam fora de novo relatório da Previdência

0

Ainda há chance, porém, de governadores e prefeitos articularem a aprovação de uma emenda para serem reinseridos na proposta. A ideia é juntar em plenário as previdências dos estados e municípios, a metade dos quais está quebrada e a outra em vias de quebrar.

Em relatório apresentado na tarde desta terça-feira (2), o relator da reforma da Previdência, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), deixou estados e municípios de fora da proposta em debate na comissão especial da Câmara.

Segundo a Folha de S. Paulo, líderes que representam a maioria da Casa não querem aprovar medidas que ajudariam no ajuste de contas públicas de governadores e prefeitos que fazem campanha contra a reforma.

A apresentação do relatório ocorreu em meio a tentativa do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), de costurar um acordo entre governadores e líderes partidários.

Ainda há chance, porém, de governadores e prefeitos articularem a aprovação de uma emenda para serem reinseridos na reforma previdenciária.

A nova versão da reforma da Previdência prevê, segundo o relator, uma economia R$ 1,071 trilhão em dez anos. A economia certamente não sairá dos marajás do Judiciário, Parlamento ou Executivo. Sairá do lombo dos mais pobres e mais vulneráveis. As polícias Civil e Militar dos Estados já estão de cabelo arrepiado, chamando Bolsonaro de traidor.

Já chegou a hora de afirmar: “Eu não avisei?”

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Política